Candidato a vice pelo Patriota em CG anuncia desistência da disputa: “Uma coisa que começa errada, termina errada”

 

O candidato a vice prefeito de Campina Grande, Wandeley Bezerra, do Patriota, anunciou, nesta sexta-feira (16), sua desistência da disputa na Rainha da Borborema. Ele entregou o posto e alegou razões pessoais para deixar o companheiro de chapa Edmar Oliveira, também do Patriota, que na semana passada, durante debate chegou a cobrar publicamente ajuda financeira da legenda.

Bezerra, no entanto, explicou que não foram questões financeiras que o fizeram tomar a decisão de desistir, mas sim por considerar que a chapa não é a melhor para a cidade de Campina Grande. Segundo ele, algo que começa errado, só tende a terminar errado também.

“Em relação a minha desistência ao cargo de vice prefeito ao qual eu estava pleiteando pelo Patriota em Campina Grande, eu entendi que o cabeça de chapa e a comissão organizadora do partido em Campina está desorganizada. Houve alegações de questão financeira, mas não é isso. Em relação ao cabeça de chapa, o meu amigo Edmar Oliveira e preferi desistir, porque para mim uma coisa que começa errada só termina errada e Campina merece um bom gestor, e eu não iria estar de forma nenhuma pleiteando numa chapa que não seja boa para cidade”, explicou.

A expectativa é de que a executiva do Patriota se reúna ainda nesta tarde para definir o nome do substituto de Bezerra na chapa.

SEM RECURSOS

O presidente estadual do Patriota na Paraíba, Wallber Virgolino, que também é candidato a prefeito em João Pessoa, disse que recebeu com perplexidade a cobrança de Edmar e orientou o candidato campinense a procurar a Executiva Nacional, que é quem determina os recursos partidários para as campanhas nos municípios.

“Todos têm o telefone do presidente nacional (Adilson Barroso). Todos têm acesso ao presidente e cada um que corra e faça a sua parte”, reagiu sobre as cobranças.

PB Agora


FALA PARAÍBA-BORGES NETO