Geraldo Medeiros diz que PB Saúde deve resolver problema dos codificados e destaca que concursos estão suspensos durante a pandemia



 O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, afirmou que a incorporação dos hospitais paraibanos à PB Saúde, entidade de gestão criada pelo Governo Estado, resolverá definitivamente o problema dos servidores codificados na área da saúde do Estado.

Nesta semana, o Ministério Público do Trabalho expediu uma recomendaçãoao Governo do Estado e à Secretaria de Estado da Saúde (SES) para a realização de concurso público para a área da saúde em até 180 dias. A ideia é que o estado substitua gradativamente as contratações precárias, de funcionários codificados, que hoje são 7.200, por servidores concursados.

Geraldo Medeiros destacou que o problema dos codificados tem mais de 20 anos e que a atual gestão vem tentando reduzir os números. Ele ressaltou, porém, que o presidente Jair Bolsonaro editou uma lei complementar que proíbe a realização de concurso público até o fim de 2021, devido a situação de calamidade provocada pela pandemia de covid-19.

''Teremos que dialogar com o Ministério Público do Trabalho'', disse ele. O secretário acredita, porém, que mesmo sem a realização de concurso é possível resolver o problema, por meio da PB Saúde. Segundo ele, todos os hospitais já terão se incorporado à entidade até dezembro ou janeiro próximos.

CLICKPB





FALA PARAÍBA-BORGES NETO