Juiz suspende mais uma pesquisa para prefeito em São Bento após candidato a vereador apontar dados divergentes


 O juiz José Normando Fernandes, da 69ª Zona Eleitoral, determinou a imediata suspensão da pesquisa de intenções de voto para prefeito em São Bento, realizada pela empresa Opinião Pesquisas Sociais LTDA e contratada pelo portal MaisPB. A consulta seria divulgada nesta segunda-feira (9), mas foi suspensa após o candidato a vereador do município, Rodolpho Diniz Alves, entrar com representação contra a divulgação, alegando que a pesquisa informa dados divergentes.

Conforme dados obtidos pelo ClickPB, o candidato a vereador argumentou na representação que a coleta de dados foi iniciada antes do efetivo registro. "Em síntese, o autor afirma que o registro da referida pesquisa informa dados divergentes acerca dos indicadores exigidos pela legislação quando confrontados com as fontes públicas dos dados utilizados, notadamente quanto ao aspecto de grau de instrução, em violação ao disposto no art. 33, IV, da Lei nº 9.504/97 e art. 2º, IV, da Resolução TSE nº 23.600/2019. Além disso, o representante alegou também que não foi indicado a certificação digital do estatístico responsável pela pesquisa, em desconformidade com o art. 33, IV, da Lei nº 9.504/97 e art. 2º, IV, da Resolução TSE nº 23.600/2019. Aduz ainda que a empresa iniciou o trabalho de coleta dos dados da pesquisa eleitoral antes do efetivo registro junto à Justiça Eleitoral."

Após apresentar as razões para a sentença, o magistrado determinou a suspensão imediata da pesquisa, sob pena de multa diária de R$ 500. "Ante o exposto, partindo de análise superficial dos fatos e fundamentos alegados na inicial, DEFIRO O PEDIDO LIMINAR para determinar a imediata suspensão da pesquisa eleitoral registrada sob o nº PB-05136/2020 até o julgamento definitivo da presente ação, sob pena de multa diária no valor de R$ 500,00 (quinhentos reais) pelo descumprimento, nos termos dos arts. 300, § 2°, e 537 do CPC."

Saiba mais

Juiz suspende divulgação de pesquisa para Prefeitura de São Bento

Vale destacar que o mesmo juiz já suspendeu outra pesquisa em São Bento: a da empresa Gustavo Roque Tenório/Resenha+, que também seria divulgada hoje (9) com as intenções de voto para prefeito no município.


CLICKPB




FALA PARAÍBA-BORGES NETO