Gaeco deflagra nova fase da Operação Calvário e prende irmão do ex-governador Ricardo Coutinho em João Pessoa

 


O Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado do Ministério Público da Paraíba (GAECO/MPPB) e a Controladoria-Geral da União (CGU) deflagraram nesta quarta-feira (9), da Operação Calvário – Décima Fase. O irmão do ex-governador Ricardo Coutinho, Coriolano Coutinho, foi preso durante a nova fase da operação. 

O mandado de prisão preventiva do investigado é decorrente cumprindo as medidas cautelares que lhe foram impostas.  Coriolano não estaria carregando a tornozeleira eletrônica adequadamente, deixando que ele se desligasse por falta de bateria. 

Além do mandado de prisão, dois mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos em João Pessoa e Bananeiras. Em João Pessoa a busca e apreensão acontece na casa de Coriolano, localizada no bairro do Bessa. Já em Bananeiras, no sítio que também pertence ao investigado.

O trabalho conta com a participação de 2 auditores da CGU e de 12 servidores do GAECO/MPPB.

O objetivo da operação é dar continuidade às investigações inerentes à atuação de organização criminosa, por meio da contratação fraudulenta de Organizações Sociais (OS), para gerir os serviços essenciais da saúde e da educação no Estado.

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO