Homem quebra vidraças da UPA Oceania após unidade de saúde negar atendimento ao filho que sofreu uma queimadura no rosto

 


Um homem quebrou as vidraças da UPA Oceania, no bairro Aeroclube, em João Pessoa, após a unidade de saúde negar atendimento ao seu filho um bebê de colo, nesta quarta-feira (30). O homem chegou ao local após seu filho sofrer uma queimadura no rosto. 

Na unidade de saúde ele foi informado que a criança não poderia ser atendida, já que todas as UPAs de João Pessoa foram destinadas para atendimento de pacientes acometidos pela Covid-19. 

O homem de 33 anos teria ficado inconformado e quebrado as vidraças da UPA. Devido aos estilhaços ele sofreu um corte na perna e precisou de um atendimento paliativo, sendo orientado a procurar socorro em um hospital. 


O ClickPB entrou em contato com a Polícia Militar que informou que a confusão aconteceu porque o homem estaria inconformado com a demora no atendimento da UPA. A PM teria sido acionada pela assistência social da unidade para conduzi-lo até a Delegacia, porém um médico do local disse que arcaria o prejuízo causado e o homem foi liberado. 

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO