TJPB condena deputado estadual Buba Germano a nove anos de reclusão, inelegibilidade e perda de mandato


 Durante sessão, nesta quarta-feira (02), o Pleno do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) condenou o deputado estadual Buba Germano a nove anos de reclusão. Além disso, o político ficará inelegível e perderá seu mandato. A ação foi movida pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB). 

Buba Germano foi prefeito de Picuí e o MPPB acusa o político de ter cometido crimes de responsabilidade ao contratar uma empresa fantasma para promover a parte social da Festa de São Sebastião, em janeiro de 2005. A denúncia iniciou após uma denúncia feita pelo vereador da cidade de Picuí, Olivânio Dantas Remígio, que fazia oposição a Buba Germano. 

O Ministério ainda acusa Buba Germano de ter arrematado itens no Leilão de São Sebastião e ter pago particulares com um cheque da Prefeitura Municipal de Picuí, conforme o ClickPB teve acesso. O relator do processo foi o desembargador Ricardo Vital de Almeida, que entendeu que isso se caracteriza crimes de responsabilidade. 

O atual deputado estadual foi condenado a nove anos de reclusão, devendo ser cumpridos em regime fechado. Consta ainda inelegibilidade por cinco anos, perda do mandato de deputado estadual e impossibilidade de ocupar outras funções públicas.

CLICKPB



BORGES NETO LUCENA INFORMA