Prefeito Cícero Lucena lamenta vacinação fora dos grupos prioritários

 

Nesta sexta-feira (22), o prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena (Progressistas) repudiou as inúmeras denúncias de pessoas que estariam furando a fila de prioridades para receber a vacina contra a covid-19 e disse que os casos suspeitos de João Pessoa estão sendo apurado e consequentemente serão levados ao Ministério Público para que haja as sanções necessárias nos casos que forem comprovados.

Cícero destacou que tanto ele quanto o governador João Azevêdo são terminantemente contra quaisquer privilégios no sentido de que vacinas sejam aplicadas em pessoas fora dos grupos prioritários.

“Já estamos apurando porque não é a prática nem a orientação nem minha nem do governador João de fazer qualquer privilégio em qualquer momento e em particular num momento desse de tanta dificuldade” declarou.

PB Agora


BORGES NETO LUCENA INFORMA