“Está com as mãos sujas de sangue”, diz petista ao culpar Bolsonaro por mortos na pandemia

 

Ao fazer uma análise sobre os números alastrantes de mortes por Covid-19, no Brasil o vereador pessoense Marcos Henriques (PT), tem um culpado e esse se chama o presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido).“Ele está com as mãos sujas de sangue”, afirmou o petista.

Segundo parlamentar de João Pessoa, Bolsonaro demorou a agir no combate à pandemia. “A coisa está errada não é de hoje. Devia ter chamado os governadores [para dialogar]. Se tivesse adotado medidas cabíveis, teríamos 75 mil mortes e não mais de 250 mil. Ele está com as mãos sujas de sangue”, comentou Marcos Henriques.

Recentemente o vereador petista, esqueceu as diferenças a nível nacional entre PT e PP e apoiou o decreto do prefeito Cícero Lucena (Progressistas) que restringiu atividades comerciais e sociais para tentar conter os efeitos da pandemia do novo coronavírus na capital paraibana. Inclusive o vereador petista, que é integrante da Igreja Batista de Jaguaribe há muito anos, discordou da posição dos colegas evangélicos e católicos que foram ao plenário da CMJP criticar e a iniciar um movimento em defesa da flexibilização do decreto.

“Acho que, como fez o próprio pastor da nossa igreja, as reuniões podem muito bem ser suspensas por um período de pelo menos de 15 dias. Somente assim, será possível combater o avanço da doença. Há possibilidade de prática religiosa de forma remota e, com o passar dos dias, essa situação pode ser reavaliada”, disse Henriques.

PB AGORA


BORGES NETO LUCENA INFORMA