Morre leão Simba que foi acolhido pelo Parque Arruda Câmara

 

O leão Simba, que foi acolhido pelo Parque Zoobotânico Arruda Câmara em João Pessoa, morreu.
Simba passou por uma série de exames no último domingo (14) para avaliação das condições de saúde e tratamento de uma lesão no dorso. Foi acompanhado pelas equipes de biológo, médico veterinário e zootécnico da Bica, passou por exames de citologia, histopatologia e tratamento da lesão, mas não resistiu.

O corpo de Simba será levado para o Laboratório de Veterinária do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), campus de Areia, onde será necropsiado para saber a causa da morte do animal.

Simba foi vítima do tráfico de animais, apreendido há 11 anos no Rio Grande do Norte e encaminhado ao zoológico de Ribeirão Preto, onde viveu até o ano passado. Após perder o irmão e ficar sozinho por um ano, foi encaminhado para a Bica, em dezembro do ano passado. Quando foi acolhido pelas equipes do Parque, Simba já apresentava alguns problemas de saúde e na Bica pode desfrutar de cuidados e viver num espaço mais adequado.

PB AGORA


BORGES NETO LUCENA INFORMA