Morre o jornalista caririzeiro Juarez Amaral, vítima da Covid-19

 

Após agravamento de quadro de infecção causada pela Covid-19, familiares confirmaram no início da manhã desta quinta-feira(25), a morte de radialista e jornalista caririzeiro, Juarez Amaral.

Ele estava internado desde a semana passada no Hospital Pedro I. Juarez Amaral estava com cerca de 80% dos pulmões comprometimentos pela Covid-19.

Natural de São João do Cariri, Juarez foi o criador do Jornal de Verdade, que começou em 1985 na Rádio Caturité AM (hoje FM), depois, de 2003 a 2017, foi apresentado na Cidade Esperança AM e por último na Rádio Arapuan FM, onde saiu do ar ainda 2017 quando completava 32 anos.

Com 70 anos de idade, Juarez Amaral foi o fundador de um dos noticiários de rádio mais ouvidos em Campina Grande e região: O JORNAL DE VERDADE. O programa radiofônico criou um estilo próprio e indiscutivelmente se tornou uma indispensável companhia matinal no dia a dia do ouvinte.

De Olho no Cariri



BORGES NETO LUCENA INFORMA