CPI da Covid se reúne nesta quinta-feira para votar plano de trabalho e requerimentos


 A CPI da Covid se reunirá nesta quinta-feira (29) para votar o plano de trabalho da comissão e requerimentos apresentados por senadores. A sessão está marcada para as 9h.

Na terça (27), o relator, Renan Calheiros (MDB-AL), apresentou o plano inicial de trabalho e propôs a convocação do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e de três ex-ministros da pasta: Luiz Henrique Mandetta, Nelson Teich e Eduardo Pazuello.

Até o início da manhã desta quinta, o sistema do Senado indicava que 288 requerimentos foram apresentados pelos parlamentares. Parte desses pedidos, apresentada por senadores aliados do governo, segundo os dados da CPI, foi elaborada por uma servidora do Palácio do Planalto.

O que aconteceu até esta quinta-feira (29):

  •     A CPI foi instalada na terça-feira, com a eleição de Omar Aziz (PSD-AM) para a presidência e de Randolfe Rodrigues (Rede-AP) para a vice;
  •     Eleito presidente, Aziz indicou Renan Calheiros (MDB-AL) para a relatoria;
  •     No primeiro discurso, Renan disse que a CPI não fará perseguição, mas buscará a punição dos responsáveis pelas mortes por Covid no país;
  •     Aliados de Bolsonaro pediram ao STF que impeça Renan de integrar a CPI;
  •     Marcelo Queiroga disse que discutirá "abertamente" a atuação do ministério na pandemia;
  •     Um dia após a instalação, o presidente da CPI chamou o ministro da Economia, Paulo Guedes, de "pitaqueiro" e questionou "quem é" o ministro para criticar a vacina desenvolvida pela China;
  •     Aliados de Bolsonaro propuseram a convocação de quatro governadores.

Números da Covid no Brasil

Segundo o consórcio de veículos de imprensa, com base em dados das secretarias estaduais de Saúde, o Brasil somava até a noite desta quarta-feira (28) 398.343 óbitos por Covid.

O número de mortes registradas em 2021 supera todos os óbitos de 2020. No ano passado, foram 194.976 óbitos. Neste ano, até 28 de abril, foram 203.367.

Ainda de acordo com o consórcio, 14,52% da população brasileira foi vacinada até as 20h39 desta quarta. Ao todo, 30,7 milhões de pessoas receberam ao menos uma dose e 14,6 milhões, duas doses.

CLICKPB



FALA PARÁAÍBA-BORGES NETO