Cagepa denúncia à polícia o furto de pelo menos 18 hidrômetros em CG

 

Água jorrando a céu aberto. Desperdício. Desonestidade. A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) denunciou à Polícia Civil o furto de pelo menos 18 hidrômetros, em Campina Grande. O caso ganhou repercussão após a divulgação de uma nota à imprensa.

O gerente Lucílio Vieira garantiu que todas as providências, a exemplo da formalização de denúncias junto a polícia, já foram tomadas.
Segundo a nota Gerência Regional da Borborema, informa, a Companhia  tem observado um número grande de furto de hidrômetros na cidade de Campina Grande.

“Entretanto, já registrou Boletim de Ocorrência na Polícia Civil, aguardando encaminhamentos no sentido de localizar e adotar providências contra os vândalos e receptadores que tem causado um grande prejuízo à empresa e transtornos aos usuários” diz a nota.

A maior parte das ações, segundo o órgão, aconteceu entre o domingo (27) e a segunda-feira (28).

No geral, os furtos teriam sido registrados no intervalo de apenas cinco dias e principalmente durante o período da madrugada, conforme o relato do gerente regional da Cagepa na cidade, Lucílio Vieira.
A companhia percebeu os crimes quando as equipes passaram a receber várias ligações relatando vazamentos. Quando chegavam nas residências dos chamados, viam que os hidrômetros não estavam no local.

Os furtos teriam deixado os donos das casas sem abastecimento e provocado o desperdício de água, principalmente porque as ações acontecem na madruga e, por isso, levam mais tempo até que sejam identificadas.

Quando acionadas ainda na madrugada, as equipes estancaram os vazamentos e retornam durante o dia para repor o equipamento.

As investigações da polícia seguem no sentido de identificar quem comete os furtos e o responsável pela receptação dos hidrômetros.

PB Agora


BORGES NETO LUCENA INFORMA