Conselho aceita proposta e congela tarifa de ônibus até dezembro em Campina Grande

 

Os integrantes do Conselho Municipal de Transporte Público (Comutp) aprovaram a proposta da Prefeitura de Campina Grande e garantiu nenhum reajuste de tarifa de ônibus urbano para este ano. A continuidade do valor de R$ 3,90 foi aprovado por unanimidade. A estimativa é que a tarifa fique congelada por um período total de 24 meses, uma vez que a mesma está em vigor desde janeiro de 2020.

Retirada de desconto
Os representantes do Sindicato das Empresas de Transportes Coletivo (Sitrans) defenderam a proposta para a retirada de um desconto por eles concedido, no valor de R$ 0,15, no preço da tarifa, para quem comprasse passagens via cartão Valebus, como incentivo para os passageiros deixarem de utilizar dinheiro nos ônibus. A proposta também foi acolhida por unanimidade.

De acordo com o presidente do Conselho e superintendente da STTP, Dunga Júnior, foi importante o apoio do Comutp à decisão do prefeito Bruno Cunha Lima, de não conceder reajuste na tarifa, mesmo entendendo as dificuldades atuais do sistema, em respeito aos usuários já penalizados por um período de pandemia.

Sobre
Participaram da reunião os representantes das seguintes instituições: Sindicato dos Trabalhadores Rurais; Sindicato dos Motoristas; União Campinense de Equipes Sociais (UCES); Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente; FIEP; FCD; Associação dos Aposentados; Câmara Municipal; Sindicato dos Taxistas; Clubes de Mães; SITRANS e STTP. Não estiveram presentes, os representantes do Diretória Central dos Estudantes (DCE) e do Sindicato dos Mototaxistas.