‘Não existe a menor possibilidade’, diz João Azevêdo sobre reaproximação com Ricardo Coutinho

 

O governador da Paraíba João Azevêdo (Cidadania), durante entrevista na manhã desta quarta-feira (28), rechaçou qualquer possibilidade de aproximação com o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB). A declaração surge após a uma eminente filiação do socialista ao Partido dos Trabalhadores (PT) e por consequência, a possibilidade de dividir o mesmo palanque em 2022, já que, abertamente, o ex-presidente Lula (PT) já declarou apoio a reeleição de João ao Governo do Estado.

Essa reaproximação não será possível, evidente que não. Não tenho me negado a falar de política, o que tenho dito é que as decisões com relação a 2022, será em 22. Não posso antecipar uma chapa sabendo que estamos vivendo uma pandemia, a meta é salvar vidas, depois teremos tempo para discutir a chapa. Entretanto, não vejo a mínima possibilidade, não há essa possibilidade realmente, e nem há intenção da nossa parte em voltar a ter aliança nenhuma com o ex-governador”, disse João Azevêdo em entrevista a uma rádio de Cajazeiras, no Sertão do Estado.