Criança de 3 anos morre com suspeita de espancamento; padastro é preso

 

Uma criança de apenas 3 anos morreu nesse domingo (15), na cidade de Cajazeiras, Sertão do Estado, por suspeita de espancamento. O acusado, segundo investigações, é o padrasto, de 22 anos.

De acordo com as primeiras informações, o homem teria levado a menina até o Hospital Regional de Cajazeiras e em seguida após fugiu. Durante o atendimento, os médicos constataram vários hematomas no corpo. De imediato, o serviço social acionou a Polícia Militar.

Durante diligências, a Polícia encontrou o suspeito nas proximidades do hospital e deu voz de prisão. Ele confessou o crime. Ele informou que a menina estava no colo da mãe enquanto eles discutiam e teria desferido um golpe contra mãe, mas atingiu a criança.

A mulher desmentiu a história e informou que o homem estava no quintal com a criança, quando entrou na casa e disse que a menina estava no colo dele e caiu, batendo a cabeça no chão.

O padrasto e a mãe da criança foram levados para Delegacia de Cajazeiras para prestarem depoimento. Ele permanece detido e a mulher foi liberada. O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil.