Mulher investigada por estelionato em Sapé, após dizer que encontrou R$ 47 mil, deixa a cadeia

 

A mulher que disse ter encontrado uma bolsa com R$ 47 mil e devolvido à dona responderá pelo crime de estelionato em prisão domiciliar. Ela foi presa pela Polícia Civil no último sábado (14) e confessou o crime.

Em apelo por meios das suas redes sociais, o marido da acusada pedia a soltura dela.

Veja o apelo do marido antes da soltura dela:

Detida em Sapé, a investigada foi levada para a 6ª Delegacia Distrital de Santa Rita, na Grande João Pessoa, onde foi ouvida. Segundo o delegado Carlos Othon, a mulher usará tornozeleira eletrônica durante cumprimento de prisão preventiva.

Saiba mais – No dia 7 de agosto, a mulher disse ter encontrado uma bolsa com R$ 47 mil e devolveu à dona. Segundo ela, ao encontrar o objeto e sem saber o que havia dentro, resolveu levá-lo para casa. Quando abriu, encontrou documentos, celulares e vários pacotes. A mulher disse que pensou que os pacotes tratavam-se de drogas e, por isso, não abriu.

À imprensa local, a mulher disse ter contatado uma pessoa identificada como proprietária da bolsa após ouvir um anúncio em uma rádio local. Na sequência, entrou em contato com números que haviam em um aparelho celular e marcou a devolução.

Conforme disse ela à imprensa, somente no momento da entrega da bolsa descobriu que os pacotes estavam com dinheiro.

PB AGORA


BORGES NETO LUCENA INFORMA