Paraibano Cícero Nobre ganha bronze em lançamento de dardos nos Jogos Paralímpicos, em Tóquio


 O paraibano Cícero Nobre, de 29 anos, participou pela segunda vez de uma Paralimpíada e levou medalha de bronze, após uma final acirradíssima, com direito a sucessivas quebras de recordes paralímpico e mundial, ele ficou em terceiro lugar no lançamento de dardo da classe F57 (atletas com comprometimento dos membros inferiores).

No Rio, em 2016, ele ficou em quarto lugar na mesma prova.

O próprio Nobre foi o primeiro a superar marcas, garantindo o pódio com 48,93 metros, recorde paraolímpico da categoria. O brasileiro era considerado um dos favoritos após ter se tornado campeão mundial em 2019 com o que, até agora, era o recorde mundial (49,26m).

O que veio em seguida, no entanto, foram performances espetaculares de Amanolah Papi, do Irã e Hamed Heidari, do Azerbaijão.

Papi ficou com a prata, após ter registrado quatro marcas acima do recorde mundial anterior, e ao final ao alcançar 49,46m. Heidari, porém, conseguiu surpreender ainda mais, chegando a 51,42m, superando em nove metros sua melhor marca anterior, estabelecendo o novo recorde mundial e garantindo o ouro.

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO