Para 76% dos brasileiros, Bolsonaro deve sofrer impeachment se desobedecer a Justiça


 Uma pesquisa Datafolha mostrou que 76% dos brasileiros acham que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) deve sofrer com a abertura de um processo de impeachment caso descumpra ordens judiciais. A pesquisa foi publicada na edição deste sábado do jornal Folha de São Paulo.

A pesquisa nacional foi feita em 190 cidades com 3.667 eleitores de 13 a 15 de setembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou menos. Para 21% dos entrevistados o presidente não deveria ser punido nessas circunstâncias e 3% não souberam opinar.

Durante o grande ato que convocou para o feriado do 7 de Setembro, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que não iria cumprir quaisquer ordens judiciais do ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes. Se ocorrer, isso constitui crime de responsabilidade, passível de processo de impeachment.

São mais incisivos acerca do golpismo da fala os jovens de 16 a 24 anos (86% defendem o impeachment no caso), os mais pobres (82%) e, claro, aqueles que reprovam o presidente (94%).

Já são mais tolerantes com o desrespeito legal os mais ricos (32% não veem necessidade de um processo), empresários (39%) e, também de forma mais óbvia, os que aprovam o desempenho presidencial (59%).

MaisPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO