Custo médio da construção civil na Paraíba tem terceira maior variação do Nordeste em outubro, diz IBGE


 Na Paraíba, o custo médio da construção civil, por metro quadrado, registrou a 3ª maior variação do Nordeste (0,9%), em outubro, diante dos resultados de setembro. As informações são do Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), divulgado nesta quarta-feira (10), pelo IBGE. Embora tenha ficado acima da média da região (0,7%), o indicador estadual ficou abaixo do nacional (1%).

Entre as unidades da federação do Nordeste, o percentual paraibano foi semelhante ao verificado no Piauí (0,9%) e inferior apenas aos observados em Alagoas (1,4%) e no Rio Grande do Norte (1,1%). Com a alta, o custo no estado, que era de R$ 1.402,72, em setembro, passou a ser de R$ 1.415,94, no último mês. 

Na região, esse foi o 2º maior custo por metro quadrado, abaixo somente do constatado na Bahia (1.465,66), além de ter sido superior à média nordestina (R$ 1.395,40). No entanto, foi menor que o identificado na média brasileira (R$ 1.490,88).

Do custo médio no estado, a maior parte era referente à parcela de materiais (R$ 861,23) – responsável pela alta, tendo em vista que, no mês anterior, era de R$ 848,01. A fração correspondente à mão de obra (R$ 554,71), por outro lado, tem permanecido estável desde julho.

No acumulado de 12 meses, a variação paraibana foi de 18,5%, inferior às observadas nas médias do país e do Nordeste, ambas de 21,2%. Já neste ano, até outubro, o custo médio da construção civil no estado apresentou alta de 15,1%, também menor que os aumentos observados nas médias do Brasil (16,7%) e da região (16,1%).

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO