Deltan Dallagnol renuncia a cargo no MPF e deve entrar para a política em 2022

 

O procurador da República, Deltan Dallagnol, renunciou ao cargo que ocupava no Ministério Público Federal.

Dallagnol foi responsável pelas investigações da Operação Lava Jato, em Curitiba, e esteve à frente do inquérito contra o ex-presidente Lula (PT).

Com a saída do MPF, o procurador deve disputar uma vaga para deputado federal em 2022.

Deltan havia se afastado da coordenação da Lava Jato em setembro de 2021 após a exposição de conversas do procurador com o ex-juíz Sérgio Moro, em um aplicativo de troca de mensagens.

MaisPB


FALA PARAÍBA-BORGES NETO