Futuro partidário: Republicanos e União Brasil estão entre os partidos que cobiçam ‘passe’ de Adriano Galdino

 

Apesar de ter ‘apalavrada’ sua filiação no Avante, na Paraíba, o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino (PSB), ainda não bateu o martelo sobre seu futuro partidário.

Das legendas que cobiçam o seu ‘passe’ estão o Republicanos, que na Paraíba é comandado pelo deputado federal Hugo Motta, e o União Brasil, que tem como responsáveis os deputados Efraim Filho e Julian Lemos.

Em Brasília, Galdino informou que conversou com a nacional do Avante, mas não bateu o martelo. O parlamentar também tinha outras duas reuniões com os presidentes do União Brasil e Republicanos, mas devido a problemas de agenda não pôde conversas com os dirigentes.

“Eu vim a Brasília para dialogar com os partidos que pudessem me contemplar nessa nova caminhada. Tive uma conversa importante, muito produtiva com o presidente do Avante, Tibé, e na próxima semana vamos tentar conversar com o presidente do Republicanos, assim como o Luciano Bivar e ACM Neto, do União Brasil”, disse.

Galdino ressaltou ainda que deverá retornar à Capital federal na próxima semana para retomar esses contatos e definir seu futuro partidário.

“Acho que na próxima semana devo retornar e vou continuar esses contatos para que eu possa ter uma definição política no menor espaço de tempo possível”, emendou.

Galdino ainda deixou claro que a tese de vir a presidir o União Brasil na Paraíba não está na pauta.  “Tinha uma agenda para conversar com os presidente do União Brasil, mas não nessa possibilidade de ser o presidente. A agenda era para conversar com os dirigentes, mas não foi possível por conta da pauta acalorada em Brasília”, finalizou.

Em entrevistas recentes, Galdino tem dito que vai trabalhar para ocupar uma vaga na chapa majoritária do governador João Azevêdo nas eleições de 2022, mas não descarta a possibilidade de encarar a reeleição.

PB Agora


BORGES NETO LUCENA INFORMA