Polícia apreende R$ 20 mil, caminhonete importada, computadores e celulares de empresário suspeito de incendiar loja em João Pessoa

 


A Polícia Civil da Paraíba apreendeu cerca de R$ 20 mil em espécie, uma caminhonete importada, chaves de outros veículos importados, computadores e celulares durante a Operação Nero, deflagrada na manhã desta terça-feira (9). 

A operação tem como alvo o empresário Volnei Marques Lima de Oliveira, proprietário da Paraíba Importados, suspeito de ser o mandante do incêndio na loja Areia Branca, localizada no Centro de João Pessoa no dia 27 de agosto deste ano.

Volnei foi preso na cidade de Itapecuru-Mirim, interior do Maranhão, por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e aguarda decisão da Justiça para a transferência a João Pessoa. O gerente da Paraíba Importados, acusado de ser o executor do crime, está com mandado de prisão em aberto e se encontra foragido.

"A motivação teria sido comercial. Ele estava incomodado com essa concorrência, porque é uma rede com muitas unidades no Rio Grande do Norte, e teve esse ato absurdo de colocar fogo na loja concorrente, que podia ter tomado proporções absurdas já que na região do centro de João Pessoa só tem lojas com esse tipo de material inflamável e além de tudo são ambientes tombados pelo patrimônio público. Mas, os bombeiros agiram rápido e não deixaram o fogo se propagar", explicou o delegado Afrânio Doglia de Brito Filho ao ClickPB.

CLICKPB


FALA PARAÍBA-BORGES NETO