João reduz ICMS do gás natural na indústria e prevê aumento na geração de emprego

 

O governador João Azevêdo (Cidadania) assinou nesta quarta-feira decreto para a redução da alíquota de ICMS do gás natural para a indústria. Com a medida, o gestor prevê que o setor possa investir na ampliação da produção e geração de novos empregos.

“Queremos desonerar a produção. A partir do momento que estamos reduzindo o ICMS, estamos fazendo com o que o custo de produção seja reduzido, gerando economia para empresas que poderão ser reinvestidas na contratação de mais pessoas, ampliação da produção. Queremos fortalecer o setor industrial. Essa é uma medida de um alcance muito grande”, explicou o governador.

De acordo com o decreto, o ICMS terá uma redução de 18% para 12%, beneficiando 40 indústrias em todos os segmentos cerâmica, têxtil, metalúrgico, bebidas, alimentos, calçados e mineração.

A desoneração do tributo atende a uma reivindicação da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (FIEP) e do Centro das Indústrias da Paraíba (Ciep), diante dos impactos econômicos ainda provocados pela pandemia da Covid-19. De acordo com dados da Companhia Paraibana de Gás (PBGÁS), a medida provocará uma redução média de 8% na tarifa de gás da indústria.

MaisPB

BORGE NETO LUCENA INFORMA