Ministério Público investiga ex-secretário de Gado Bravo por suposta lavagem de dinheiro e improbidade administrativa

 


O Ministério Público da Paraíba (MPPB) está investigando o ex-secretário de Finanças da Prefeitura de Gado Bravo, Warison de Brito Araújo por supostas práticas de lavagem de dinheiro e improbidade administrativa. A portaria nº 001.2021.044744 que trata da instauração do Inquérito Civil Público está na página da instituição. 

De acordo com a Promotoria de Justiça Cumulativa de Umbuzeiro, responsável pela apuração do caso, que o inquérito civil e a ação civil pública é para proteção do patrimônio  público e social. Além disso, destaca ainda que o objetivo é apurar supostas irregularidades constatadas a partir do envio de informações do Coaf, por meio de um Relatório de Inteligência Financeira (RIF) acerca de operações financeiras  relacionadas ao ex-secretário de Finanças.

O documento que o ClickPB teve acesso, que foi assinado pelo promotora de Justiça Sandremary Vieira de Melo Agra Duarte, determinou providências como designar servidores para secretariar o procedimento. O ex-secretário de Finanças Warison de Brito Araújo tem 20 dias para se manifestar em relação às informações que constam na instauração do procedimento. 

A reportagem não conseguiu falar com o ex-secretário citado. O Portal ClickPB disponibiliza o endereço de e-mail redacao@clickpb.com.br para receber posicionamento da pessoa citada, possibilitando, assim, a divulgação de todas as versões.

Confira a portaria


CLICKPB


FALA PARÁIBA-BORGES NETO