Na Paraíba, João Pessoa tem a maior taxa de transmissibilidade de Covid-19: “é realmente preocupante”


 João Pessoa é o município da Paraíba com a maior taxa de transmissão (Rt) de Covid-19 de acordo com a média móvel dos últimos 14 dias. Nesta sexta-feira (28), de acordo com o secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, a Rt é de 2.42, ou seja, a cada 100 pessoas com o vírus contamina outras 242. Isso, segundo ele, “é realmente preocupante”.

“É uma taxa altíssima. A maior do estado. A média móvel nos últimos 14 dias. É realmente preocupante e a causa todos nós sabemos”, comentou, em entrevista ao ClickPB, Geraldo Medeiros, que atribui a eventos de fim de ano, veraneio, festas particulares em casa com até 40 pessoas e shows o aumento de casos confirmados de Covidd-19, principalmente diante da circulação da variante Ômicron. 

“Natal, Ano Novo, veraneio na orla, as festinhas dentro de casa com familiares e amigos com 30, 40 pessoas, os catamarãs, Areia Vermelha, bares, restaurantes, shows... todo esse contexto contribuiu para essa propagação de uma variante que já tem um poder elevado de propagação. Somado todos esses fatores, temos aí um incremento de pessoas internadas e o número de óbitos elevados”, pontuou.

Na próxima segunda-feira (31), o governador da Paraíba João Azevêdo (Cidadania), a Secretaria de Estado da Saúde (SES-PB) e todo o colegiado se reúne para discutir medidas que deverão ser adotadas para frear o avanço da Covid-19 em todo o Estado da Paraíba. No entanto, o secretário Geraldo Medeiros já informou que não haverá lockdown nem fechamento de comércio. 

Do início da pandemia, em março de 2020, até ontem, conforme o boletim da SES-PB, a Paraíba contabiliza 487.074 casos confirmados e 9.672 mortes. Já foram realizados 1.303.600 testes para diagnóstico da Covid-19. Pelo menos 368.464 pessoas se recuperaram da doença. 

CLICKPB


FALA PARAÍBA-BORGES NETO