Suspeita de matar motorista é presa em CG

 

A Polícia Civil prendeu, nessa quarta-feira (6), em Campina Grande, Pamella Nicoly Brito da Silva, de 28 anos, suspeita de matar um motorista de aplicativo no último dia 27, no bairro de Bodocongó. Ela se apresentou à polícia acompanhada por um advogado.

A suspeita era foragida e era procurada pela polícia. Ela teria praticado o assassinato com apoio do ex-companheiro, após uma tentativa de assalto ao motorista Daniel Victor Cavalcante, de 21 anos, que era estudante universitário.

O ex-companheiro dela foi preso na segunda-feira (3). Após matar o estudante estrangulado com um fio de carregador de telefone, a dupla criminosa ateou fogo no veículo dele.

A perícia constatou que o rapaz morreu em decorrência da aspiração da fumaça.

MaisPB


FALA PARAÍBA-BORGES NETO