Governo inaugura a barragem Retiro, em Cuité, e garante segurança hídrica do Curimataú

 

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos e do Meio Ambiente (Seirhma), em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), inaugurou, na tarde dessa sexta-feira (04), a barragem Retiro, localizada no município de Cuité (Curimataú). A obra atende uma reivindicação dos moradores há cerca de 50 anos, renovada nas audiências do Orçamento Democrático Estadual (ODE), que também vai beneficiar famílias dos assentamentos Retiro e Batentes.

Para viabilizar o abastecimento das comunidades próximas está em construção o Sistema Adutor Retiro Boqueirão do Cais, integrado à barragem. O investimento nas obras da barragem e do sistema adutor é de mais de R$ 70 milhões, sendo R$ 41 milhões com recursos do MDR e R$ 26 milhões de contrapartida do Estado.

A inauguração contou com a presença do secretário da Seirhma, Deusdete Queiroga, representando o governador João Azevêdo; do ministro do MDR, Rogério Marinho; do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga; do secretário Nacional de Segurança Hídrica, Sérgio Costa; do prefeito de Cuité, Charles Camaraense; do deputado estadual Buba Germano; do monsenhor Luigi Pescarmona; da secretária de Estado de Juventude Esporte e Lazer, Rafaela Camaraense, do engenheiro responsável pela obra, Haroldo Sobreira; e da população em geral.

O secretário Deusdete Queiroga deu as boas vindas aos ministros e falou da alegria de estar entregando uma obra de uma relevância social muito grande. “Nós sabemos a importância de uma obra dessa magnitude para o Curimataú da Paraíba e do Rio Grande do Norte, que traz garantia hídrica para a região, bem como para os dois assentamentos com mais de 200 famílias, além dos demais moradores do entorno, que também vão se beneficiar da água que a barragem terá à disposição dos paraibanos. Além de beneficiar as cidades de Cuité e Nova Floresta com adutora, que faz parte do mesmo convênio, bem como por ser uma obra solicitada há mais de 50 anos pela população”, disse Deusdete. Ele agradeceu, em nome do governador, por estar recebendo dois ministros de Estado e membros da comitiva, ao prefeito Charles, aos presentes, assim como à equipe da Seirhma.

O ministro Rogério Marinho falou que estava feliz pelo “momento extraordinário, por inaugurar uma obra que significa água e água é vida. Água permite acesso à saúde, a diminuição das doenças e mortalidade precoce. Esse mar que vai ser criado com essa obra vai permitir o acesso ao trabalho pelos pescadores artesanais, para alimentar suas famílias, vai permitir que o comércio, a indústria e os serviços se estabeleçam, porque não há atividade humana sem água. E os moradores de Cuité não terão mais dificuldades por falta d’água, pois terá segurança hídrica”.

O prefeito Charles Camaraense falou da satisfação em receber a comitiva e agradeceu pelo município de Cuité ser beneficiado com uma obra tão importante. Ele pediu aos presentes, aplausos aos realizadores da obra e ao secretário Deusdete Queiroga, que levasse ao governador João Azevêdo sua gratidão pela ação do Governo do Estado.

O monsenhor Luigi Pescarmona lembrou das famílias de assentados que serão beneficiadas com a obra. Ele fez um resgate histórico das reuniões desde a aprovação do projeto e falou do acolhimento do então secretário de Infraestrutura do Estado, João Azevêdo, as reivindicações dos moradores. Ele deu boas vindas às autoridades presentes na inauguração e pediu a Deus para mandar chuva, para que a barragem Retiro venha a encher e beneficie aos agricultores da região.

Fotos: Clovis Porciuncula

A barragem – A barragem Retiro é uma construção em concreto tipo CCR (Concreto Compactado com Rolo), na bacia do rio Japi, próxima à divisa da Paraíba com o Rio Grande do Norte, com capacidade de armazenamento de 40 milhões e 500 mil metros cúbicos.

O reservatório tem o objetivo de atender aos projetos de assentamentos do Incra/PB, e dar suporte ao abastecimento da cidade de Cuité. O açude também terá como finalidade a irrigação das áreas aluviais do baixo vale, a piscicultura e para o lazer do assentamento Batentes, com 38 famílias (926,42 ha) e Assentamento Retiro, com 250 famílias (6.070,41 ha).

Adutora – O Sistema Adutor Retiro – Boqueirão do Cais, com captação no rio Japi/Jacú (Retiro), que está sendo construído, garantirá o reforço do abastecimento humano da região, incluindo população urbana e rural dos municípios de Cuité e Nova Floresta, prevista até ao ano de 2035. O sistema é constituído pelas seguintes obras principais: captação flutuante no lago da barragem do Retiro, estação elevatória de água bruta na captação flutuante, adutora de água bruta para condução da água até à estação elevatória e reservatório de regularização, de forma a possibilitar a economia de energia.

 

Secom


BORGES NETO LUENA INFORM\A