Queiroz vê batalha contra “gigantes” diz que só Deus o tira da disputa

 

O procurador da Fazenda, Sérgio Queiroz, lançou nesta sexta-feira (25) sua pré-candidatura ao Senado nas eleições deste ano. Ele revelou que se afastou temporariamente da igreja após decidir por se lançar na disputa. “Por questão ética sempre defendi que não iria usar a igreja como palanque para eventuais aproveitamentos políticos”, explicou.

Queiroz ressaltou que disputar a vaga no Senado pela Paraíba foi uma decisão difícil. “Mas hoje só quem me para é o Senhor”, garantiu.

O agora pré-candidato avaliou que está entrando em uma “luta com gigantes”, mas que não vê os outros pretensos candidatos ao Senado como inimigos, tampouco como adversários. “Que esse processo seja o mais proveitoso que a Paraíba já viu. O mais propositivo”, frisou Sérgio Queiroz em seu discurso.

Sobre o cenário nacional, Queiroz garantiu apoio à candidatura de Jair Bolsonaro em qualquer circunstância. “Eu entendo que o presidente Bolsonaro é um homem probo, sério, mas que infelizmente não tinha uma base que foi com ele na mesma proporção”, avaliou, afirmando que Bolsonaro fez uma “grande revolução conceitual política”.

Questionado sobre as mortes causadas pela Covid-19, o pré-candidato não respondeu.

MaisPB

FALA PARAÍBA-BORGES NETO