Hervázio projeta prazo de definição da majoritária

 

O deputado estadual Hervázio Bezerra (PSB), projetou para os próximos 15 dias a definição da chapa majoritária do governador João Azevedo (PSB). O socialista acredita que, apesar das pressões para a escolha de apenas um nome: Efraim Filho (União Brasil) e Aguinaldo Ribeiro (PP), o chefe do executivo estadual conseguirá manter os dois nomes na base aliada. 

Na visão de Hervázio, o entrave maior na manutenção dos aliados no momento é a composição da chapa. Apesar do governador ainda ter duas vagas em aberto: uma para o Senado Federal e uma para vice-governador, ambos os nomes estão inclinados para o Senado. Efraim, aliás, já anunciou que disputará a vaga de senador com ou sem o apoio de João. Aguinaldo, por sua vez, tem adotado um discurso mais cauteloso e disse que a decisão será dialogada com seu partido.

“Tem espaços importantes para os dois. Tem uma vaga de vice-governador. Nós estamos trabalhando para permanecer no mesmo grupo. Não tem mais como segurar. Acho que no máximo em 15 dias teremos a definição”, afirmou, em entrevista ao MaisPB.

Hervázio ainda aproveitou para alfinetar a oposição, que, até o momento, ainda não lançou um nome para o Senado Federal e tem em Efraim sua principal esperança para composição de chapa.

“A oposição está ocupando os templos religiosos, orando, rezando, fazendo promessas para que haja um racha para que eles possam montar uma chapa. Eles não tem condições de montar uma chapa”, completou.

MaisPB


FALA PARAÍBA-BORGES NETO