Moto roubada e com placa clonada é recuperada pela PRF no Agreste paraibano

 

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperou, nessa quinta-feira (17), uma motocicleta roubada que circulava com placa clonada nas rodovias paraibanas. Um indivíduo foi detido durante a ação.

Equipe do Grupo de Patrulhamento Tático (GPT) da PRF na Paraíba realizava fiscalização na BR 104, Km 140, no município de Queimadas/PB, agreste paraibano, quando foi visualizada uma motocicleta Honda NXR parada às margens da rodovia. Ao realizar consultas nos sistemas, foi identificado que um veículo com características similares havia sido roubado. Durante a fiscalização, o suposto proprietário do automóvel apresentou-se aos policiais.

Após inspeção minuciosa nos elementos identificadores do veículo, foi constatado que tratava-se de um clone, ou seja, era usada uma placa de outra motocicleta com características similares no intuito de enganar a fiscalização. O homem que conduzia a motocicleta, informou que adquiriu o veículo na feira central de Campina Grande, pelo valor de R$ 8 mil, porém não apresentou nenhum documento de comprovação da compra, como recibo de compra e venda. Diante dos fatos, o homem foi detido, encaminhado para a Delegacia de Polícia Judiciária e deverá responder pelo crime de receptação de veículos.

Vale ressaltar, que ao ter um veículo roubado, o cidadão pode registrar o fato imediatamente no Sistema Nacional de Alarmes (SINAL) da PRF, que funciona 24h por dia e pode ser acessado pelo portal PRF https://www.gov.br/prf/pt-br/servicos/sinal ou através do 191. Assim que o registro é feito no SINAL/PRF, todos os policiais que estejam a serviço na região recebe em seu celular funcional um alarme com os dados da ocorrência e do veículo, o que facilita a sua recuperação, quanto mais rápido for feito o comunicado, maiores são as chances de encontrar esse veículo produto de furto/roubo.

O sistema SINAL não substitui o registro da ocorrência na Delegacia de Polícia Civil.

PB Agora


BORGES NETO LUCENA INFORMA