Prefeito aciona polícia após ameaça de Wallber: “Ele está obcecado por mim”

 

O prefeito de Cabedelo, Vitor Hugo (União Brasil), afirmou no início da tarde desta terça-feira (12) que prestou um boletim de ocorrência na Polícia Civil após uma fala do deputado estadual Wallber Virgolino (Patriota) durante a sessão na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) de hoje.

O parlamentar disse ter sofrido provocações por parte de Vitor Hugo, após ter realizado fiscalizações no município. Virgolino avisou que resolveria as diferenças entre os dois “na bala”.

O gestor cabedelense reagiu. “Pinóquio já está famoso. Eu nem o vi no show. Chega a ser hilário. Ele está obcecado por Cabedelo ou por mim. Peguei a gravação e já fui na Delegacia prestar um boletim de ocorrência. Esse rapaz me ameaçou. Eu nunca ameacei ninguém”, afirmou o prefeito.

Acusações de Wallber 

Na tribuna da Assembleia Legislativa, Wallber revelou que participava de um show no último sábado, na Domus Hall, onde também estava o prefeito. Ao ver o deputado, Vitor Hugo teria se exaltado, precisando ser contido pela esposa e por um vereador de João Pessoa.

Segundo Wallber, após retirar o prefeito do local o vereador revelou que ele queria brigar com Wallber. “Não briguei porque não quis, me controlei porque estava com a minha esposa, mas poderia ter acontecido um problema mais grave”, afirmou.

Virgolino alertou o presidente da ALPB, Adriano Galdino, de que “não iria trocar tapas e resolveria na bala”.

MaisPB


BORGES NETO LUCENA INFORMA