Bolsonaro forma alianças com PSDB no Brasil e imprensa nacional indica possibilidade de união entre Pedro Cunha Lima e presidente na Paraíba


 O presidente Jair Bolsonaro (PL) tem atraído apoios da centro-direita em torno do seu projeto de reeleição no pleito deste ano. O PSDB, que tem a pré-candidatura do ex-governador de São Paulo, João Dória, tem sido um dos alvos preferenciais do presidente. A sigla já fechou alianças com o mandatário em ao menos quatro estados, sendo esses Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Amazonas e Rondônia.

Em uma matéria publicada pela Folha de S.Paulo nesta segunda-feira (9), além do Ceará, a Paraíba é vista como um estado onde o apoio também pode ser selado. O jornal apontou que o comparecimento do pré-candidato a governador Pedro Cunha Lima ao evento de Bolsonaro no município de Itatuba foi um movimento de aproximação do deputado federal.

A Folha, no entanto, também afirmou que para se concretizar a aliança, seriam demandadas muitas negociações, tendo em vista que oficialmente o pré-candidato do presidente no estado é o radialista Nilvan Ferreira (PL). 

Como já noticiou o ClickPB, Nilvan vem negando em entrevistas qualquer possibilidade de composição com Pedro no primeiro turno das Eleições e segue reiterando ser o único nome apoiado por Bolsonaro ao Palácio da Redenção.

Já o filho do ex-senador Cássio Cunha Lima tem evitado tocar no assunto e justificou sua presença no evento do Governo Federal devido a obra inaugurada na ocasião ter sido licitada no governo do seu pai, classificando o comparecimento como mero compromisso de caráter institucional.

CLICKPB

FALA PARAÍBA-BORGES NETO