Defesa de Chió, Bosco Carneiro e Dr. Érico afirma que deputados vão recorrer de decisão do TRE-PB sem perderem os mandatos

 


Os deputados estaduais Chió (Rede), Bosco Carneiro (Republicanos) e Dr. Érico (MDB) vão recorrer da decisão do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), que cassou os mandatos dos parlamentares por fraude da coligação partidária na cota de gênero nas Eleições de 2018.

De acordo com o advogado Henrique Toscano, que faz a defesa dos três, os deputados vão seguir o trâmite judicial sem necessidade de deixarem seus mandatos porque o recurso impetrado tem efeito suspensivo. A declaração foi dada em entrevista ao programa Arapuan Verdade, da Arapuan FM, nesta sexta-feira (27).

De acordo com a denúncia recebida pelo TRE-PB, pelo menos 6 candidatas mulheres da coligação“A Força do Trabalho V” (Rede / PPS (hoje Cidadania) / DEM / PMN), pela qual foram eleitos os parlamentares, participaram do pleito com o objetivo de “maquiar” a quota de gênero, o que ensejou a cassação dos eleitos. Elas não teriam participado de atividades de campanha nem arrecadaram recursos para participar do pleito.

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO