São João deve movimentar R$ 300 milhões na economia de Campina Grande e cidade espera circulação de quase 3 milhões de pessoas

 


Após dois anos de intervalo nas festas de são João, a expectativa para os festejos em Campina Grande já é grande e começa a movimentar turistas e a população da Rainha da Borborema. Oficialmente, são 31 dias seguidos de festa, começando no dia 10 de julho seguindo até 10 de julho. No entanto, a movimentação já está a todo vapor e Campina Grande já se encaminha para os preparativos finais para receber todo o público que está sedento pelos festejos juninos.

O ClickPB conversou com o secretário de Comunicação da Prefeitura de Campina Grande, Marcos Alfredo, que revelou que a estimativa é de que circule mais de R$ 300 milhões na economia da cidade em decorrência das festas. O impacto na economia é gigantesco e a cidade respira São João. De acordo com Marcos Alfredo, "houve um tempo que o São João era o segundo Natal de Campina Grande. Hoje, o Natal é o segundo São João da cidade". ele ressalta que toda a população acaba se envolvendo completamente pelo mês de São João. A prefeitura inclusive lançou uma campanha de incentivo à decoração típica nas residências, lojas e comércios da cidade.

A expectativa atual da Prefeitura de Campina Grande é que, durante os 31 dias de festa, circulem mais de 2,7 milhões de pessoas na cidade, entre turistas, visitantes e trabalhadores. Além disso, estão previstos pelo menos 3 mil novos empregos temporários para suprir a necessidade. O setor alimentício é um dos que mais cresce no período, tendo em vista o maior fluxo de pessoas na cidade. O comércio também espera um aumento considerável nas vendas durante o período. E até mesmo setores de serviço já se animam com as possibilidades que surgem a partir da festa do Maior São João do Mundo. Em Campina Grande as escolas de dança já registram aumento na procura por aulas de forró, tendo sido necessária até mesmo a ampliação de turmas.

O setor hoteleiro já está praticamente lotado para o período de São João em Campina Grande. Marcos Alfredo comemora que "como a gente está enfrentando dois anos de saudade, o setor econômico já vem registrando números muito interessantes ". De acordo com o último levantamento feito no mês de maio, 85% da rede hoteleira na cidade já estava reservada para o período. Até o início de junho os números devem ser ampliados ainda mais.

O principal fluxo de turistas que Campina Grande geralmente recebe parte do próprio Nordeste, de estados como Alagoas, Bahia, Ceará, Pernambuco e Rio Grande do Norte. Além disso, a cidade costuma receber muitas visitas de turistas provenientes de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro.


A expectativa se amplia conforme as atrações, principalmente as de renome nacional. A abertura da festa no Parque do Povo acontece no dia 10 de junho com shows de Xand Avião e Flávio José, que deve ter lotação total. O fim de semana de São João, de 23 a 26 de junho, quando haverá um grande número de shows com grandes atrações no Parque do Povo, também é esperada lotação total. Além disso, festas particulares já anunciaram setlist que está atraindo os olhares e chamando atenção da população animada para a festa.

Nesta semana a Prefeitura de Campina Grande e a Medow confirmaram o show de Raí Saia Rodada dentro da programação. Marcos Alfredo revelou ao ClickPB que novos nomes poderão ser confirmados com a aproximação da data do evento. "Você já tem a grade consolidada e, eventualmente, sempre aparece uma nova atração", explicou o secretário de Comunicação da Prefeitura de Campina Grande.

Ao todo, são cerca de mil atrações, entre cantores, bandas, trios de forró, quadrilhas juninas e grupos folclóricos, que se apresentarão no Palco da Arena de Shows, Pirâmide, Palco Cultural, Ilhas de Forró, nos distritos de Galante e São José da Mata, na Vila do Artesão, entre outros locais.

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO