Deputada do PSB aponta ansiedade mais da classe política e da imprensa do que do povo por definição da chapa de João

 

Filiada ao PSB paraibano, a deputada estadual Pollyana Dutra minimizou, durante entrevista nesta quarta-feira (18), a indefinição sobre os companheiros de chapa do governador João Azevêdo (PSB) na corrida eleitoral desse ano e apontou que a ansiedade maior sobre a decisão parte mais da classe política e da imprensa do que da própria população.

Para ela, neste momento, o paraibano, sobretudo o sertanejo, está preocupado em ter emprego, em acordar cedo para ter condições de levar provimento para suas famílias. A parlamentar disse ainda que o governo tem até agosto para bater o martelo e que a questão sobre a formação da chapa, neste momento, deve ser um debate de bastidores.

“Isso é uma ansiedade de políticos, imprensa, mas a massa da Paraíba não está ligada a essa escolha. Quem é lá do sertão que está atrás de emprego não está sintonizado em quem vai compor a chapa. Acho que esse momento é de bastidores”, pontuou.
Pollyana ressaltar que antes mesmo dos nomes serem definidos, a chapa deve ter critérios, já que o eleito interferirá na vida do paraibano e da classe política pelos próximos quatro anos.

“O mais importante tem que ter critério porque isso vai implicar na nossa vida durante 4 anos. Tem que ser um nome que tenha ligação forte com as politicas publicas do governo João, tem que ter ligação com o povo, saber se articular com o setor produtivo, ou seja, além do voto tem que ter conceito, um sentimento de chapa”, pontuou.

PB Agora


BORHES NETO LUCERNA INFORMA