Homem matou esposa e amigo em Santa Rita após desconfiar de traição


 O caso de violência que chocou a cidade de Santa Rita, nesta terça-feira (3), envolve uma suposta traição entre um casal e entre amigos. O homem acusado de matar a esposa e um comerciante no bairro Alto das Populares teria agido motivado por ciúmes da companheira com o amigo, um feirante da região. Após matar os dois, o homem cometeu suicídio.

As primeiras informações são de que o homem desconfiou que a mulher o traía com o feirante identificado como Jordâneo Alvino. Ele, então, teria ido à feira e assassinado o amigo. Logo depois, teria assassinado a esposa e cometido suicídio. O autor dos atentados não teria envolvimento com outros crimes.

A Polícia Civil investiga o caso. O ClickPB não conseguiu contato com o delegado Aldrovilli Grisi, que atendeu o caso no local.

A assessoria da Polícia Militar informou ao ClickPB que a PM foi acionada para a Rua São José, no Alto das Populares, em Santa Rita, às 7h30 da manhã de hoje. Na casa foram encontrados mortos Antônio Alexandre do Nascimento, de 58 anos, e Maria José dos Santos Nascimento, de 59. Pouco antes, às 6h50, Jordâneo Florêncio de Souza, de 58 anos, foi morto com um tiro na Rua São Paulo, também no bairro Alto das Populares. Os dois locais de crimes foram isolados para que a Polícia Civil fizesse os procedimentos de praxe.

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO