João Azevêdo rechaça declaração golpista de Cabo Gilberto e diz que instituições democráticas "têm que responder à altura"

 


A fala do deputado estadual Cabo Gilberto (PL) incentivando um novo golpe militar no Brasil nesta segunda-feira (9) repercutiu no meio político paraibano. Nas redes sociais, o parlamentar pediu um "contragolpe" em resposta ao "caos" do Supremo Tribunal Federal (STF) e apagou o post horas depois.

O governador João Azevêdo (PSB) reagiu à declaração e rechaçou o posicionamento golpista do deputado. Em entrevista veiculada no programa Arapuan Verdade, da Arapuan FM, o gestor disse que a Paraíba ter menos tensionamento político e ressaltou a importância do fortalecimento das instituições democráticas no Brasil.

"Primeiro é um absurdo que alguém que foi eleito num processo eleitoral natural e normal em uma democracia esteja defendendo um golpe. É um contrassenso absoluto. Na verdade, nós temos é que fortalecer todas as instituições para que elas respondam à altura a uma tentativa qualquer de desestabilização da nossa democracia", disse.

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO