Ministro assina ordem de serviço para duplicação da BR-230, orçada em R$ 368 milhões, entre Campina Grande e Pocinhos

 


A ordem de serviço para a duplicação da BR–230/PB, de Campina Grande à Farinha, foi assinada nessa quarta-feira (1°), pelo ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio. A ordem de serviço garante recursos e o início dos trabalhos. 

O investimento total previsto será  de R$ 368,7 milhões para os 31 quilômetros de extensão entre os municípios de Campina Grande e Pocinhos (Farinha) – entre os quilômetros 152 e 183 da rodovia federal. 

Com a assinatura da ordem de serviço, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) já irá dar início as melhorias pela execução de um viaduto no entroncamento no quilômetro 153 da BR-104/PB e demais dentro da área da faixa de domínio.

Estão previstas obras de duplicação, implantação do contorno e restauração da pista existente.  O pré-projeto, projeto e obra terão recursos alocados por deputados federais e senadores paraibanos.

A primeira parte da obra está estimada em R$ 40 milhões. Deles, R$ 28 milhões foram garantidos pela bancada paraibana em emendas.

Com 4.260 quilômetros de extensão, a Transamazônica é uma rodovia transversal que atravessa sete estados do Nordeste e do Norte do país: Paraíba, Ceará, Piauí, Maranhão, Tocantins, Pará e Amazonas. Em terras paraibanas, a rodovia inicia na cidade portuária de Cabedelo e passa por João Pessoa, Campina Grande, Patos, Pombal, Sousa e Cajazeiras.

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO