Presidente da Famup diz que municípios da Paraíba podem perder R$ 15 bilhões com projeto que limita cobrança de ICMS

 

O presidente da Federação das Associações de Municípios da Paraiba (Famup), George Coelho, disse que os municípios paraibanos perderão R$ 15 bilhões, de julho a dezembro, caso o projeto de lei que limita a cobrança do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). Em entrevista ao programa Arapuan Verdade, nesta segunda-feira (13), George disse que “nenhum prefeito ou prefeita é contra diminuir imposto, agora não podem penalizar os municípios”.

“No primeiro momento, o que está sendo feito é que essa reposição é para os estados e não para os municípios, o primeiro acordo, que também não está no papel. É mais ou menos algo ‘de boca’, de promessa que vai ter reposição para os estados. Os estados não vão repor os municípios de forma alguma. Agora os municípios estão com prejuízo maior de R$ 15 billhões. Campina Grande, por exemplo, vai perder R$ 43 milhões de jullho a dezembro, segundo a projeção”, explicou George Coelho.

O presidente da Famup argumentou, em contrapartida ao projeto que quer limitar a cobrança de ICMS nos combustíveis e em energias renováveis, que “esse combustível o preço vai baixar em algum momento. A guerra não vai durar o tempo todo.”

 

Click PB


FALA PARAÍBA-BORGES NETO