‘Decisão passou por chamado de João Azevêdo’, diz Heron Cid sobre pré-candidatura

 

O radialista e pré-candidato a deputado federal nas eleições deste ano pelo PSB, Heron Cid, afirmou na tarde desta quinta-feira (30) que a decisão de se filiar ao partido veio após convite do governador João Azevêdo (PSB).

Mesmo enaltecendo a legenda e o convite do chefe do Executivo paraibano, o radialista afirmou que não concorda com parte da sua corrente ideológica. “O governador João Azevêdo sabe disso”, destacou.

Uma das divergências de Heron Cid é com relação ao apoio para presidente da República, ao afirmar que ainda não definiu em quem será o seu voto. “Eu tenho uma simpatia por Ciro Gomes, mas acaba quando ele comete uns deslizes”, disse o comunicador.

Sobre a disputa ao Governo do Estado, Heron Cid classificou a reeleição do governador João Azevêdo como o melhor caminho para a Paraíba. “João tem uma maneira diferente de fazer política. Ele tem postura equilibrada e age de forma moderada, sem esbravejar na condução dos problemas, sejam eles políticos ou administrativos”, destacou.

Quanto ao seu ingresso na política, Heron Cid disse que em tudo na vida tem que ser fazer escolhas que vão agradar a uns e outros não. “Nos comentários como radialista já foi chamado de bolsonarista e de esquerdo pata, mas sempre fiz tudo com senso de justiça e sei que irei pagar caro por isso”, destacou.

 

Portal Paraíba


BORGES NETO LUCENA IFNORMA