Jackson Macêdo admite retirar apoio a Veneziano em migrar para João caso Federação Nacional PT/PCdoB/PV determine

 

O presidente estadual do PT, Jackson Macêdo, admitiu publicamente, pela primeira vez, que pode retirar o apoio à pré-candidatura a governador de Veneziano Vital do Rêgo (MDB) em favor de João Azevêdo (PSB), que será candidato à reeleição.

Jackson disse que o PT é um partido nacional, com suas regras, e que devem ser cumpridas, caso o entendimentos seja pelo apoio a João. No entanto, ele disse confiar que o PT irá deliberar por continuar com Veneziano para o Governo do Estado e Ricardo Coutinho para o Senado pois, segundo ele, essa intenção já foi demonstrada por Lula e Gleisi Hoffmann.

“Eu vou seguir regularmente, de forma decisiva, qualquer decisão que for tomada pelo comando nacional da minha Federação porque eu tenho um partido, se não precisasse de partido cada um seguia sua vida, mas, eu tenho um partido nacional que tem regras e as regras precisam ser cumpridas. Porém, eu tenho plena certeza de que a decisão final do PT, até porque já foi demonstrado pelo presidente Lula, pela presidente Gleisi, é de apoiar a candidatura de Veneziano Vital do Rêgo aqui na Paraíba e Ricardo Coutinho ao Senado”, disse.

As falas do dirigente repercutiram em entrevista à Rádio Arapuan FM, nesta quarta-feira (5).

 

PB Agora


BORGES NETO LUCENA INFOMRA