João não descarta receita caseira para suprir lacuna do Senado na chapa majoritária: “Pode vir um nome do PSB”

 

O governador João Azevêdo (PSB), participou na manhã desta terça-feira (19) de sabatina promovida pela Jovem Pan de João Pessoa e, entre assuntos referentes a sua administração no atual mandato, projetos futuros e cenário político, não descartou receita caseira para suprir a necessidade da montagem da chapa majoritária.

É que quando questionado se o nome para disputar o Senado poderia sair de dentro do próprio PSB, o governador não negou, declarando que essa é uma opção.

“Pode vir um nome do próprio PSB, mas pode vir um nome de outro partido também” frisou.

João ainda reforçou o seu entendimento de que na Paraíba as discussões a cerca de formação de chapa, principalmente a sua chapa, foram antecipadas, causando nas pessoas a sensação de que ele está demorando para definir a majoritária, porém tradicionalmente no estado, ainda segundo ele, os 90 dias que antecedem o pleito eram usados para fazer essas definições e se bater o martelo, não um ano antes como ocorreu desta vez.

“O que houve na Paraíba foi uma antecipação, até porque eu não conheço nenhuma chapa na Paraíba que esteja pronta e montada. No nosso caso falta anunciar, são duas coisas totalmente diferentes. O que acontece é que todos os anos de eleição esse período de 90 dias que antecede, é exatamente o período das definições onde se bate o martelo efetivamente e na Paraíba aconteceu uma antecipação. Há um ano atrás já estava se discutindo chapa e a chapa do governo, não eram as outras, e o foco ficou sobre a definição, por isso as pessoas têm a leitura de que está demorando. Mas está tudo sendo encaminhado, sendo tratado da forma que precisa e logo logo a ansiedade da grande maioria será atendida. Já está definido, já estamos avançando e antes das convenções estaremos apresentando” declarou.

PB Agora


BORGES NETO LUCENA INFORMA