Procon-JP inicia operação para fiscalizar reajuste nos preços da gasolina após repasse da Petrobrás; nenhum posto foi autuado até o momento

  


O Procon-JP inicia nesta quinta-feira (21) uma operação para verificar se o recente reajuste nos preços da gasolina está sendo repassado aos consumidores de João Pessoa.

Após a Petrobras ter anunciado a redução do valor do combustível nas distribuidoras, novos preços devem ser praticados nos postos de gasolina.

De acordo com o secretário Rougger Guerra, até às 9h nenhuma autuação tinha sido feita porque ainda está se verificando as notas fiscais dos estabelecimentos, para saber se os postos já compraram o combustível com os novos valores.

A redução do preço da gasolina deve chegar nas bombas de postos da Paraíba até o final desta semana,com valores entre R$ 0,15 e R$ 0,20 mais baratos, conforme o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo no Estado da Paraíba (Sindipetro-PB).

Ainda conforme o Sindipetro, os preços não vem cair imediatamente porque o repasse foi aprovado nas distribuidoras. Dessa forma, os postos ainda têm que comprar o produto com o novo preço para assim, fazer o repasse. 

Respeitando a logística de entrega e abastecimento, até sexta-feira paraibanos devem abastecer a gasolina pagando menos, de acordo com o sindicato.

A Petrobrás anunciou diminuição do preço médio de venda de gasolina para as distribuidoras de R$ 3,86 por litro, uma redução de R$ 0,20 por litro - que atualmente custa R$ 4,06. É uma queda de 4,92%.

A redução da estatal soma-se à queda de preços provocada pela Lei Complementar, do Governo Federal, que obrigou os estados a diminuírem a alíquota do ICMS sobre os combustíveis.

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO