Grupo reivindica invasão de Rede do Governo e vende acesso

 

Um grupo responsável por ataques de ransomware conhecido como Everest Team reivindicou ter invadido a rede do Governo Brasileiro e alega possuir 3 terabytes de dados. A postagem da empresa DarkTracer, mais conhecida por realizar pesquisas de inteligência nas redes da Darkweb diz que os criminosos estão vendendo os acessos aos dados roubados na rede.

Ainda não há confirmação de quais os tipos de dados estão sendo comercializados, nem se o aplicativo mais conhecido  do governo (gov.br) também foi afetado.

O que é um Ransomware?

Ransomware é um tipo de malware de sequestro de dados, feito por meio de criptografia, que usa como refém arquivos pessoais da própria vítima e cobra resgate (ransom) para restabelecer o acesso a estes arquivos[1]. O resgate é cobrado em criptomoedas, que, na prática, o torna quase impossível de se rastrear o criminoso.

Uma vez que o sistema esteja infectado, o ransomware irá criptografar, em segundo plano, dados sensíveis do usuário. Assim que concluído o processo, emitirá um aviso em tela informando sobre o bloqueio. Em seguida, um valor será exigido para obter uma chave a fim de restabelecer acesso aos arquivos criptografados. Caso não ocorra o pagamento, os mesmos arquivos podem ser perdidos e até mesmo publicados. De acordo com um relatório da Cisco, essa técnica dominou o mercado de ameaças digitais em 2017 e se tornou o tipo de malware mais rentável da história.

Referência:

Wikipedia

PB AGORA


FALA PARAÍBA-BORGES NETO