Único homem negro na disputa presidencial, Léo Péricles tem registro deferido

 

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deferiu ontem (30), por unanimidade, o registro de candidatura do técnico de mecânica Léo Péricles à Presidência da República pelo partido UP. A vice Samara Martins, filiada à mesma agremiação, também teve registro deferido.

Leonardo Péricles é o único homem negro na disputa presidencial. Natural de Belo Horizonte, ele é técnico em eletrônica e mecânico de manutenção de máquinas. É também é o candidato com menor patrimônio declarado, de apenas R$ 197,31 depositados em caderneta de poupança.

Para ter deferido o registro de campanha, Péricles precisou apresentar documentos adicionais exigidos pelo TSE, como a certidão de nascimento para comprovar ser brasileiro nato. Samara Martins também precisou apresentar documentos adicionais, mas ao final conseguiu obter o registro.

O TSE tem até 12 de setembro para julgar se defere ou não todos os pedidos de registro de candidatura à Presidência da República, bem como dos respectivos vices. O prazo serve também para o julgamento de recursos.

Agência Brasil


BORGES NETO LUCENA INFOMRA