PMJP recebe R$ 4 milhões de agência espanhola para financiamento de projetos

 

A Espanha, por meio da Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (Aecid), liberou oficialmente um valor de R$ 4 milhões (660 mil Euros) para a elaboração de projetos para João Pessoa. Durante encontro na manhã desta terça-feira (23), no Gabinete do Prefeito, no Centro Administrativo Municipal, em Água Fria, representante da Embaixada da Espanha no Brasil entregou ao prefeito Cícero Lucena a carta de concessão para o financiamento de dois projetos voltados para o Rio Jaguaribe e o transporte público da Capital.

“Ano passado fizemos uma visita à Espanha para participar de eventos e discutir propostas e na oportunidade foi aberto um edital para apresentação de projetos em benefício da qualidade de vida de cidades ao redor do mundo. Apresentamos nossas propostas e fomos aprovados. Ficamos muito felizes de saber que o que planejamos para a cidade de João Pessoa é reconhecido internacionalmente e está entre o que é considerado ao redor do mundo como soluções modernas para os problemas urbanos”, afirmou o prefeito Cícero Lucena.

João Pessoa foi a única cidade a ser aprovada pelo edital, que também vai financiar projetos em Arequipa, Trujillo e Cajamarca, no Peru; Ciudade da Guatemala, na Guatemala; e Cartago, na Costa Rica. A Capital paraibana conseguiu a aprovação de dois projetos: um para a urbanização e revitalização das margens do Rio Jaguaribe, num total 374 mil Euros, e outro para reestruturação do transporte público e reabilitação da Região Central, com aporte de 286 mil Euros.

A diretora do Instituto Cervantes, Rosa Sanchez-Casado Nogales, representou a Embaixada da Espanha na ocasião. “João Pessoa foi selecionada por um trabalho que já vem de antes, o que traz uma confiança no financiamento do projeto e em tudo o que deve ser desenvolvido para o futuro. Esperamos melhorar a qualidade de vida dos habitantes e trazer mais turistas para a cidade”, afirmou. A embaixadora espanhola, Mar Fernández-Palacios, não pôde comparecer, mas enviou um vídeo no qual sela a parceria com o Município.

O coordenador da Unidade Gestora do programa João Pessoa Sustentável, Antônio Elizeu, explicou que os projetos chegam para complementar uma série de ações que estão sendo desenvolvidas em parceria com as agências internacionais. “Teremos a oportunidade de atuar em uma área muito maior do percurso do Rio Jaguaribe, da Pedro II até o bairro de Manaíra, na altura do shopping, e também atuar dentro da grande mobilidade da Capital. Já havia um projeto junto com a França, que compreende alguns corredores, e agora vamos abranger todos os corredores, inclusive o centro antigo, fazendo interligação com toda a cidade”, explicou.

O Município também será beneficiário da Plataforma de Conhecimento que está em processo de criação no âmbito da iniciativa, e que se destina a promover a troca de experiências entre as cidades participantes, como explicou a assessora Especial de Assuntos Internacionais da Prefeitura de João Pessoa, Marina Gaudêncio. Também participaram do encontro os secretários municipais da Gestão Governamental, Diego Tavares; do Planejamento, José William Montenegro; e da Infraestrutura, Rubens Falcão.

PB AGORA

FALA PARAÍBA-BORGES NETO