Alexandre Soares diz que Bruno Roberto não conhece realidade do povo; candidato do PL rebate afirmando que população tem melhores condições com Bolsonaro

 

Ao enfrentar o paredão de perguntas, André Ribeiro (PDT) foi questionado por Bruno Roberto (PL) a respeito das propostas para minimizar os efeitos da crise gerada pela pandemia no governo de Jair Bolsonaro. O socialista rebateu a afirmação de que a população vive em condições melhores e convidou o bolsonarista para ir nas feiras e nos mercados públicos. 

Bruno Roberto (PL) falou que o Brasil está em deflação e com o custo de vida barateando. Alexandre afirmou que Bruno tem “absoluto desconhecimento, para não dizer que é desonestidade, o desconhecimento de como funciona a gestão tributária no país. “Essa política de barateamento e criminalização dos estados relacionada à cobrança do ICMS é falácia. A política adotada não tem sustentabilidade no tempo. Por sua vez, Bruno falou que Bolsonaro estruturou o Auxílio Emergencial e Alexandre desafiou o candidato a andar com ele nas ruas. 

"O candidato Bruno mostra que não anda pelas ruas e não conhece a realidade do povo paraibano. Um profundo passo de desconhecimento sobre como funciona o cenário de economia no país", disse. 

Bruno questionou Alexandre sobre os motivos que levaram a esquerda votar contra a redução do ICMS pelos governos estaduais. O socialista rebateu dizendo que esse programa de redução adotado traz impactos que não foram debatidos, sendo uma forma de amenizar algo, gerando uma operação ainda mais elevada. 

 "Não é verdade que a política adotada por Bolsonaro tenha ajudado na diminuição dos preços com a alteração do ICMS. Muito pelo contrário, isso gerou grande impacto. O custo dessa operação é muito elevado. Todo mundo sabe que essa política de paridade de preços adotada pela Petrobras não tem sustentação", rebateu o candidato Alexandre. 

CLICKPB


FALA PARAÍBA-BORGES NETO