Reta final: semana antes do primeiro turno terá quatro pesquisas eleitorais divulgadas na Paraíba


 A Paraíba deverá ter quatro pesquisas de intenções de voto divulgadas até o próximo dia 01 de outubro, conforme apurou o ClickPB. A informação consta no sistema PesqEle, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Foram registradas, até às 8h de hoje (26), quatro novas pesquisas, dos institutos Seta, Paraná Pesquisas, Ipec e Veritá.

Deste total, três irão ser publicadas na véspera da eleição, no sábado. Elas questionarão aos entrevistados a preferência de voto para os cargos de governo e senado. Uma também trará números para os cargos de deputado estadual e deputado federal. 

A Pesquisa Veritá foi contratada pelo próprio instituto e irá entrevistar 1.512 pessoas, até o dia  29/09/2022. O levantamento começou ontem (25). Segundo o Pesqele, o Veritá divulga o resultado da pesquisa na sexta-feira (30), último dia do mês de setembro. O valor do estudo é de R$ 58.968,00. O registro é de número 06159/2022 e foi realizado no dia 24/09. 

Já a pesquisa do instiuto Setta irá entrevistar 1.500 pessoas, entre a terça (27) e quinta-feira (29). Ela consta como contratada pelo próprio instituto e custará R$ 10.000,00. Além dos questionários para governo e senado, o Setta apresentará pergunta ao público sobre a preferência para os cargos de deputado estadual e deputado federal. Os números serão apresentados no sábado (01/10).

O Instituto Inteligência em Pesquisa e Consultoria (Ipec), antigo IBOPE, entrevista até o próximo dia primeiro de outubro, 800 pessoas. A pesquisa custou R$ 68.189,47 e foi contratada pela TV Cabo Branco. O resultado será divulgado no mesmo dia. 

O Paraná Pesquisas foi contratado pelo Partido Republicano da Ordem Social (Pros) e irá realizar entrevistas entre 27/09 e 30/09, sob o custo de R$ 35.000,00. Serão entrevistados 1.020 cidadãos. Os dados serão divulgados também no dia primeiro. 


Registro da pesquisa Setta:


Registro da pesquisa Paraná:


Registro da pesquisa Ipec:


Registro da pesquisa Veritá: 

000

CLICKPB

FALA PARÁIBA-BORGES NETO