Sérgio Queiroz diz que Efraim é "frustrado por não ter conseguido o apoio de João Azevêdo"; candidato rebate "quem está brigando por Bolsonaro é você"

 

O candidato ao Senado pela Paraíba, Sérgio Queiroz (PRTB), disse que Efraim é frustrado por não ter conseguido o apoio de João Azevêdo nas eleições desse ano. A declaração foi rebatida durante o debate com os candidatos no programa Arapuan Verdade, desta quarta-feira (14). Efraim Filho (União Brasil) disse que quem é frustrado é Sérgio Queiroz, uma vez que ele e Bruno Roberto protagonizariam um embate de quem é o preferido do presidente Jair Bolsonaro na disputada ao título de senador "o que vemos é vocês dois brigando por Bolsonaro", afirmou.

O pastor retrucou "você passou muito tempo implorando para ser o senador de João Azevêdo e depois você foi para Pedro Cunha Lima por conveniência política e ainda dizendo que apoia Bolsonaro. Que foguete é esse que só busca o oportunismo?", indagou.

Efraim respondeu dizendo que foi muito corajoso quando deixou o governo para ser oposição, destacando que a atitude é algo raro na política. "Isso é o foguete que não da ré. Que não volta a trás e não recua. Quem teve coragem de ter desapego a governos e a cargos. Pessoas deixam a oposição para ir ao governo atrás de cargos. Eu tive a coragem de fazer o inverso, deixar o governo para  Quando pertencia ao governo entreguei lealdade, votos e tomei sim, a decisão corajosa de romper para seguir ao lado de Pedro por termos sinergia de ideias. Não fiquei mendigando, humilhando o apoio de outros como se costuma fazer", 

O descompasso entre os adversários foi além e o pastor continuou "que conversa é essa. Você não é senador de João, pois ele preferiu Aguinaldo Ribeiro. Você transita bem no discurso que é lhe conveniente", finalizou Sérgio Queiroz, ao fazer referência a escolha de João Azevêdo pelo sobrinho de Aguinaldo, Lucas Ribeiro para ser seu vice, situação que teria gerado o impasse.

CLICKPB

FALA PARAÍBA-BORGES NETO