​Após mais de um ano do cancelamento, inscritos no concurso da Prefeitura de Bayeux ainda não receberam ressarcimento das taxas

 


Após mais de um ano, os inscritos no concurso da Prefeitura de Bayeux ainda não receberam o estorno do pagamento das taxas do concurso que segue suspenso e sem indefinição. Como apurado pelo ClickPB, nesta sexta-feira (18), a repercussão ganhou ainda mais força após as especulações acerca da possível renúncia da Prefeita Luciene Fofinho, veiculada no programa Arapuan Verdade. 

As taxas de inscrição custaram R$ 60 para cargos de nível fundamental, R$ 80 para cargos de nível médio e técnico e R$ 120 para cargos de nível superior. Foram oferecidas 568 vagas com a promessa de contratação imediata e 2.845 para cadastro reserva.

Desde o ano passado que a falta do ressarcimento aos concurseiros gera cobranças nas redes sociais da prefeitura, mas até o momento nenhum esclarecimento foi dado pela gestão. Na época, o Portal ClickPB informou acerca da judicializaçãodo certame por irregularidades como a falta de um estudo para avaliar o número de vagas com base nas leis municipais e o impacto financeiro aos cofres públicos. 

O edital do certame oferecia vagas para procurador municipal, agente administrativo, agente de trânsito, assistente social, auxiliar de consultório dentário, auxiliar de merendeira, calceteiro, condutor socorrista, educador físico, eletricista, enfermeiro, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, merendeira, monitor escolar, motorista, nutricionista, odontólogo, professor B (artes, ciências, educação física, ensino religioso, geografia, história, inglês, língua portuguesa e matemática), professor de libras, psicólogo, recepcionista, técnico de enfermagem (PSF e SMS) e técnico de informática.

CLICKPB


BORGES NETO LUCENA INFORMA